Marcos Babuino e Gilmar China dão show em última edição do Thunder de 2017

Na luta principal do Thunder Fight 13, um duelo de veteranos do esporte em que o atleta peso-pena da Babuíno Gold Team/SP, Marcos ‘Babuíno’, que entrou ao som da banda de metal ENDRAH, levou a melhor sobre o lutador da Team New Corpore/RJ por decisão unânime dos árbitros laterais.

Destaque total para a boa atuação de ‘Babu’ como é carinhosamente chamado,  já que perdeu a mãe há menos de 15 dias e mesmo assim, resolveu continuar no card e lutou muito bem, garantindo seu vigésimo oitavo triunfo como lutador profissional de MMA.

“Essa vitória vai para minha mãe, eu a perdi há 12 dias, Dona Maria Severina, foi muito duro, mas hoje estou aqui, eu poderia estar melhor ainda, não desmerecendo o Sandro (China)”, disse o emocionado Babuíno, caindo em lágrimas, homenageando sua querida mãe com o triunfo.

No co-main event os espectadores que estiveram presentes em mais esta edição do Thunder Fight, também puderam assistir uma verdadeira guerra no octógono.

Marina Alcalde, que, apesar da visível superioridade, teve muito, mas muito trabalho para vencer Natália Cristina e anotar seu nono triunfo na carreira.

Demais destaques do Thunder Fight 13:

Ao longo de todo o card profissional, podemos destacar a vitória de Wellington ‘Predador’, da Iron Brothers de São Caetano do Sul, que dominou o embate diante de Max ‘Mato Grosso’ desde o momento em que levou a luta para o solo e finalizou com um ‘estranho armlock’ e também, a grande vitória de Fabrício ‘Pitbull’, da Team Silvério, que tratorizou Alex Cyrena no primeiro assalto desferindo potentes joelhadas e socos, derrotando o adversário e anotando mais uma vitória para seu cartel.

Confira abaixo os resultados completos do Thunder Fight 13: Babuíno vs. China:

Card Principal (MMA Profissional):

  • Marcos ‘Babuíno’ derrotou Sandro ‘China’ por decisão unânime dos juízes;
  • Marina Alcalde derrotou Natália Cristina por decisão unânime dos juízes;
  • Ednilson ‘Cai Cai’ derrotou Vitor Morais por nocaute técnico (cotoveladas + socos) aos 3m:08s do primeiro round;
  • Fabrício ‘Pitbull’ derrotou Alex Cyrena por nocaute técnico (joelhadas + socos) aos 2m:44s do primeiro round;
  • Wagner ‘Capataz’ derrotou Leandro ‘Caveirão’ por nocaute técnico (joelhada + socos) aos 2m:12s do primeiro round;
  • Alan ‘Mini’ derrotou Marcos ‘Gladiador’ por decisão unânime dos juízes;
  • Wellington ‘Predador’ derrotou Max ‘Mato Grosso’ por finalização com um armlock aos 3m:42s do primeiro round.

Card Preliminar (MMA Amador):

  • Ana ‘Baby’ derrotou Stephany De Jesus por nocaute técnico (socos) no primeiro round;
  • Alan Silva derrotou Antônio Nazário por nocaute técnico (socos) no primeiro round;
  • Mohamed Said derrotou Orlando Medeiros por nocaute técnico (desistência) no segundo round;
  • Gabriela Almeida derrotou Beatriz Santos por decisão unânime dos juízes;
  • Felipe Gruc Zyman derrotou Desivaldo Pereira por decisão dividida dos juízes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *